Finanças

Conseguindo Investimento Para Implementar o Seu Negócio

André Bernardo
Escrito por André Bernardo em 3 de setembro de 2019
Conseguindo Investimento Para Implementar o Seu Negócio
ENTRE PARA A LISTA

Receba conteúdos que farão a diferença na sua carreira.

Volta e meia um aluno me pergunta por onde começar para pleitear investimentos para começar um negócio. Para financiar uma ideia.

Tem muito a ser dito sobre este tema e vou tentar resumir em algumas dicas principais para que você possa traçar um plano de ação.

Primeira coisa, antes de pensar em buscar investimento, você precisa se perguntar algumas coisas:

PRIMEIRO: Eu estou disposto a investir também neste negócio?

Qualquer investidor que você for conversar vai analisar o seu perfil como profissional, sua competência para colocar um negócio em operação, o potencial e a consistência da sua iniciativa, seu histórico de sucesso, E, se você também está disposto a correr os riscos junto com ele.

Ele pode colocar 1 milhão na sua ideia, mas você tem coragem de vender seu carro e colocar 30 mil? Pegar um empréstimo e colocar 100 mil?

Esta avaliação ajuda o investidor a entender o quanto você realmente acredita no negócio e está disposto a fazer ele dar certo.

SEGUNDO: Você já está no momento de buscar investimento?

Hold your horses!

Vejo muito empreendedor ansioso por essa etapa.

Se você só tem uma IDEIA, por mais que ela seja maravilhosamente inovadora, provavelmente não vai conseguir nenhum investimento.

  • Busque estruturar bem o seu projeto.
  • Falar com o máximo possível de pessoas.
  • Entrevistar possíveis clientes reais de forma estruturada. Fazendo perguntas sobre a rotina dos mesmos e não perguntas tendenciosas que levem o entrevistado a responder o que você quer ouvir. Prefira perguntas abertas, onde eles podem discursar sobre o assunto ao invés de responder Sim ou Não.
  • Elabore um MVP (produto mínimo viável) e teste na prática a aceitação. Valide hipóteses.
  • Coloque o negócio minimamente em operação e consiga alguma tração (clientes reais)

As únicas pessoas que investem com você antes de ter estas coisas são o que chamam de family and friends, ou família e amigos.

Ou seja, alguém que investe por que gosta e confia em você e não por que está buscando um retorno financeiro.

TERCEIRO: Você REALMENTE precisa de investimento?

Acredite, as vezes um investidor mais atrapalha do que ajuda.

Quando você consegue um investidor o modelo de cobrança do seu negócio muita.

É comum que ele interfira de certa maneira com seus planos de ação.

Isso muitas vezes trazem resultados positivos, quando o investidor tem muito experiência no seu segmento de atuação (o que chamamos de smart money), porém, muitas vezes trazem resultados negativos.

Os resultado negativos acontecem quando o investidor tras uma ansiedade para os resultados da empresa.

Você e o investidor precisam ser muito maduros e terem plena consciência dos desafios de se investir em startups ou novos negócios para que a coisa dê certo.

Então por isso minha sugestão é: Procure crescer sozinho o máximo que você puder antes de pensar em investimento.

Seja criativo. Pode ser que sua ideia de negócios seja tão revolucionário que irá demorar anos até começar a ganhar dinheiro de verdade com ela.

Procure formas de ganhar dinheiro para financiar sua própria ideia até que ela decole.

Dê consultoria. Escreva um livro digital. Produza um curso online. Faça freelas. Sei lá.

Agora se você é um gênio mas não tem um puto no bolso e já tem um monte de tubarão de olho em você… esquece tudo que eu falei e aproveita 🙂

o que você achou deste conteúdo?

Deixe o seu comentário abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer ter melhores conhecimentos na sua jornada profissional?

Se inscreva agora mesmo na nossa lista!