Empreendedorismo

Os 4 problemas que te impedem de empreender.

André Bernardo
Escrito por André Bernardo em 1 de outubro de 2019
Os 4 problemas que te impedem de empreender.
ENTRE PARA A LISTA

Receba conteúdos que farão a diferença na sua carreira.

Para começarmos da maneira correta, vamos entender o ponto básico, o que é Empreender?

O empreendedor é um “resolvedor” de problemas e o empreendedor de sucesso é o que faz isso com um problema real.

Eu tenho N ideias, mas pode ser que nenhuma seja rentável ou a que é rentável já é um mercado e está cheio de players grandes. Mas como validar isso? Como tornar essa ideia em um produto e empreender realmente?

Eu quero responder isso e quebrar algumas objeções que ouço diariamente sobre os motivos de não empreender. Dentre muitas, eu destaco as 4 que mais me falam:

– Quero empreender, mas não tenho tempo.

– Quero empreender, mas não sei como começar.

– Quero empreender, mas não tenho dinheiro.

– Quero empreender, mas não sei se vai dar certo.

Então agora vamos descobrir como tirar as travas do projeto e dar os primeiros passos nessa nova fase da sua vida sem medo.

Não empreendo por falta de tempo

Esse argumento é muito usado, quem nunca ouviu a frase: “Hoje não dá, faço depois”?

Será que não dá mesmo?

No ano nós temos 52 semanas, no total são 104 dias de folga (finais de semana), nesse ano tivemos mais 12 dias de feriados, fora 20 dias de férias que tiramos no ano.

Isso significa quase 1/3 do ano que podemos utilizar para lazer, descanso e outras coisas.

Não precisamos ficar sem 100% do tempo trabalhando, mas podemos utilizar uma parte desse tempo dar alguns passos que não conseguimos dar nos dias normais.

Eu sempre falo que um passo de cada vez é muito melhor do que não dar nenhum passo, ou seja, um esforço pequeno e contínuo te leva mais longe do que ninguém que não faz nenhum esforço.

No fim das contas falta de tempo na verdade é só uma falta de priorização.

A partir de agora, tempo não serve mais de desculpa para você.

Não empreendo por falta de direção

“Quem não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve”

Outro motivo das pessoas não empreenderem é a falta de direcionamento, mas como disse na falta de tempo, qualquer passo é melhor que ficar parado.

Então errar faz parte do processo, não tenha medo.

Erre, mas erre com sabedoria.

Isso significa que a partir da minha ideia eu tenho que levantar hipóteses, testar as hipóteses e aprender rápido com os erros, isso se chama Intelligente Fast Failure.

Testei, errei, aprendi? Vou validar outra hipótese de forma rápida e barata para não ter muito desgaste na minha ideia.

Agora já não posso mais enrolar por falta de direção, vamos dar mais um passo?

Não empreendo por falta de dinheiro para investimento

Esse é o argumento que as pessoas mais usam. Não tenho verba para investimento, seja para melhorar o conhecimento ou para adquirir infraestrutura necessária para o projeto.

A falta de conhecimento nem poderia mais entrar nessa lista devido a quantidade de material disponibilizado na internet gratuitamente ou de forma barata.

Alguns exemplos que podemos dar é o Youtube que possui uma imensidão de conteúdo das mais diversas áreas de forma gratuita e a Udemy que vende cursos por preços irrisórios chegando a menos de R$ 1 por dia.

Essa redução nos preços para adquirir conhecimento foi possível devido ao aumento do alcance a tecnologias. Isso inclui a tecnologia que você talvez precise para o seu projeto.

Antigamente colocar um site no ar era muito caro, porém hoje existem plataformas gratuitas ou com preços que com um pouco de priorização, está em fácil alcance. A divulgação do produto é outro ponto que também ficou barato com o avanço da tecnologia.

Eu mesmo na minha carreira em educação comecei com pouco investimento, utilizando uma plataforma chamada envato para criar templates do After Effects e aprendi sobre essa ferramenta pela internet de maneira barata.

Depois disso desenvolvi o meu primeiro curso sobre gerenciamento de projetos e a partir da receita desse curso que foi criado com pouco investimento eu comecei a dispor de mais capital para outros projetos.

Dinheiro também não é mais uma desculpa, você pode começar com pouco ou nada e ir muito longe.

Não empreendo por falta de Dados

Quanto mais dados nós temos, mais coragem temos para dar os primeiros passos no empreendedorismo, mas a falta de dados não pode ser um impeditivo.

Lembra do curso que comentei que criei investindo pouco?

Também foi pensada uma estratégia de funil onde X visitantes me rendiam Y Leads e Z conversões.

Esses dados eu consegui gastando pouco e a partir deles eu tinha um norte para o meu negócio e fui perdendo o medo de arriscar, pois eu tinha dados.

E o que utilizei para criar e validar as hipóteses e produtos? A cartilha básica de Startup.

– Value Proposition Canvas

– Business Model Canvas

– Conceito de Lean Startup

O Value Proposition Canvas me dá o enfoque no cliente e responde as perguntas de persona e como atingir “curar” as dores dessa persona. Ou seja, retomamos ao significado do empreendedor passado no começo do texto: Resolver um problema e receber por isso.

Para isso é preciso realmente conhecer o problema e não focar apenas no seu achismo e essa é a ferramenta que vamos utilizar.

No Business Model Canvas, você já definiu o valor e a persona, agora preciso chegar no cliente, criar um relacionamento e monetizar a empresa.

Quais recursos eu preciso para isso acontecer? Quais as atividades da empresa?

Ou seja, vou descrever minha empresa em detalhes.

Já no LEAN Startup eu desenvolvo as hipóteses, validações, quais dados eu devo focar e também como validar com o menor esforço e investimento possível para caso dê errado eu não perca muito (tempo e dinheiro).

Todas essas ferramentas nós debatemos a fundo no Fast MBA – Empreendedorismo, Negócios e Startup na prática, mas acabamos de acabar com todas as objeções que podem estar te impedindo de empreender.

Nesse artigo você aprendeu que:

– O seu tempo não é escasso, você que precisa reorganizar suas prioridades.

– A sua direção precisa começar com o primeiro passo. Dê o primeiro passo.

– Investir em conhecimento não é caro, caro é deixar para depois.

– Os dados estão aí, basta organizar de acordo com a sua empresa e necessidade.

Ficou com alguma dúvida?

Deixe nos comentários.

Quer aprender mais sobre empreendedorismo? Vou deixar um link onde você terá acesso ao curso Fast MBA – Empreendedorismo, Negócios e Startup na prática por R$ 23,99. Ele resolve o seu problema de falta de norte e investimento em conhecimento, se você priorizar o seu tempo conseguirá dados muitos valiosos. Esse será o seu início no empreendedorismo.

o que você achou deste conteúdo?

Deixe o seu comentário abaixo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer ter melhores conhecimentos na sua jornada profissional?

Se inscreva agora mesmo na nossa lista!